Visitantes da tia Val

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Blogagem Coletiva - Meu autor favorito







Olá, pessoas queridas do meu coração blogosférico!!!

Hoje vou falar um pouquinho sobre meu autor preferido, como sugestão da Blogagem Coletiva da Alê Lemos, do blog Entre Livros e Sonhos. É a primeira BC dela que participo e espero contribuir um pouquinho com esse tema tão gostoso para nós que somos apaixonados pela leitura, ao falar de Sidney Sheldon. Bem, como a maioria dos parceiros, eu leio desde criança, mas este autor só entrou na minha vida depois de adolescente e de uma forma um pouco inusitada: Eu meio que furtei um livro da biblioteca  o_O

É que, na verdade, a minha professora me indicou para ajudar na organização da biblioteca da escola, tinha muito livro velho, estava muito desorganizada e eu fiquei como voluntária trabalhando na reorganização, eu devia ter uns 11 ou 12 anos, não lembro bem. Mas então... eu ia para a biblioteca depois da aula e ficava cerca de duas horas lá, mas ao invés de fazer meu trabalho eu ficava folheando os livros e tinha um sofazão bem confortável que eu ficava deitada lendo (trabalhar, que é bom... nada, neh?) E quanto ao livro do Sidney, era o clássico “O outro lado da meia-noite” e fiquei tão presa na história, que não consegui ler o livro todo em duas horas, então levei para casa e... nunca mais devolvi.  E não... eu não tenho mais o livro, porque emprestei para alguém e esse alguém também não me devolveu, e como ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão... deixa pra lá, neh?

Depois que li O outro lado da meia noite, encontrei na mesma biblioteca o livro A Ira dos Anjos, que foi muito marcante na minha vida. A personagem principal do livro, Jennifer Parker, era uma mulher tão incrível, batalhadora, inteligente, apaixonada e uma mãe tão dedicada, que foi uma das minhas inspirações a escolher a carreira jurídica. Quando adolescente, meu sonho era ser uma advogada tão competente quanto a Srta. Parker. Inclusive, quando vi a sugestão da BC, senti muita saudade da trama, e coloquei um lembrete no celular: “Ler novamente A Ira dos Anjos” – Bem lembrado!!! Fiquei até pensando em como ela se sairia no meu lugar nessa correria de estudos para concurso.

Lidos estes dois primeiros livros do SS (É Sidney Sheldon, para os íntimos, hehe) dei uma parada, fiquei um tempo afastada dessa leitura e me aventurei com Agatha Christie, Machado de Assis na literatura nacional, enfim... depois de velha já (tipo uns 25 anos, rsrsrrs) ganhei “Nada dura para sempre” e “Se houver amanhã”, e então lembrei como era bom e prazeroso ler Sidney Sheldon. Quando terminei esses dois, ainda peguei “Escrito nas estrelas”, “O Reverso da medalha”, “O céu está caindo” (este eu achei que fugia um pouco do estilo do autor, além de ser um livro bem pequeno, daqueles que a gente lê em menos de duas horas), e mais alguns.

Bem, a maioria de vocês sabe que sou contista, e o estilo da escrita de Sidney Sheldon foi bastante influente no meu modo de contar minhas histórias, com detalhes físicos dos personagens e cenas, tipo, para onde fulana estava olhando e com qual expressão... tento fazer meus leitores visualizarem as cenas e se sentirem dentro dos pensamentos dos personagens, assim como me sinto quando leio alguma trama do citado autor.

Bem, acredito que tenha conseguido cumprir a proposta da BC, mostrando porque Sidney Sheldon é meu autor favorito e o quanto fui influenciada por sua escrita, tanto nos meus próprios escritos quanto em minha vida pessoal e profissional (quem diria que alguém possa escolher sua profissão inspirada em uma personagem da adolescência, não é?)

Recomendo a leitura de todos os posts, a BC está incrível, uma delícia de visitar. Parabéns a Alê Lemos pela iniciativa, amei participar do projeto.

Aos meus queridos leitores: Bjussss e até a próxima!!!




10 comentários:

  1. Eu não consegui escolher um só, minha participação na BC da Alê foi uma pluralidade total. ahah!
    Eu ri aqui lendo o relato da biblioteca, quando um livro nos prende, realmente é desse jeito, não conseguimos largar até finalizar a trama.
    Sidney Sheldon (é, não sou íntimo) não faz parte nem de perto dos meus autores favoritos, no entanto, compreendo o quanto sua escrita tem influenciado ou influenciou alguns de meus parceiros.
    É interessante como um personagem pode modificar nossas vidas, nossa visão de mundo e até mesmo nos ajudar na escolha de um caminho a ser trilhado, como aconteceu com você.
    Parabéns pela participação parceira!
    Abraço e boa quarta.

    ResponderExcluir
  2. Oi Val
    Sabe que eu nunca li um livro desse autor? Mas vc falou com tanta emoção que me deu vontade, vou ter que ler um, acho que vou gostar. Parabéns pela participação, vou participar da BC também.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  3. Minha mae comprou a coleção do sidney sheldon... já li vários livros dele.
    O meu autor favorito é o Luiz Fernando Veríssimo.

    :P

    ResponderExcluir
  4. Ops! Desculpe o atraso, mas o tempo anda meio corrido por aqui. Eu comecei a ler o Reverso da Medalha uma vez mas não gostei. Tinha uns 13 anos, acho que não estava na fase ainda de aproveitar os romances de suspense. Que legal que vc é contista! Deve estar na Antologia do Christian tb né? Eu admiro quem consegue escrever os minimos detalhes de suas histórias, mas eu, assim com a Jane sou uma literata miope kkkkk odeio descrever cenas aos minimos detalhes, a pesar de reconhecer que histórias assim fazem o diferencial. Obrigada pela participação, espero rever vc em breve. Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá valquíria.
    Gosto muito de Sidney Sheldon, li O Reverso da Medalha e As areias do tempo, gostei muito. O Reverso da Medalha é meu livro preferido.Parabéns por sua participação. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  6. Val gatona!
    Tudo bem?
    Olha só... já li muito Sidney Sheldon na minha adolescência. Adorava esse tipo de livro com intrigas, amor, relações várias e me divertia com isso, e as tramas dele são bem convincentes. Hoje minhas opções mudaram, até por falta de tempo, e tenho investido mais em livros de contos, histórias curtas e poesias.

    Grande beijo para ti!
    Adorei teu texto!

    ResponderExcluir
  7. Acho esse autor tão interessante, mas nunca li um livro dele...
    Vou colocá-lo na minha lista de livros pra ler.
    Muito bom o texto e pelo menos a mim, ajudou muito.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Soube hoje da BC e resolvi participar, estou visitando os participantes. Quem sabe acho sugestões interessantes não é?

    SS tb é um dos meus autores favoritos. Os livros dele viciam né?

    Abs!

    ResponderExcluir
  9. Eu se fosse vc dava um pulinho no meu blog vice? ^_^

    ResponderExcluir
  10. Oi, Valquíria!!
    Somente hoje estou conferindo os autores favoritos dos participantes da BC...
    Sempre gostei de ler em bibliotecas e talvez por isso, associo um ambiente bom para ler com o cheiro de cera em pasta, a tal Parquetina... E por isso, acho que no seu lugar faria a mesma coisa. Quer dizer, a primeira parte! :)
    Ainda não li Sidney Sheldon e vou pedir emprestado para a minha irmã que deve ter todos os títulos. Fã!
    Beijus,

    ResponderExcluir

Que bom que você leu o post até o final, sinal de que não era tão chato assim, neh? Seu comentário é muito importante para mim, não saia sem deixar um Oi, para eu saber quem veio me visitar. Sempre que posso, retribuo as visitas. Bjokas da Val!

Ocorreu um erro neste gadget

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...