Visitantes da tia Val

domingo, 12 de julho de 2015

Top five: Dor de Cotovelo


Olá, timores! Tudo certinho com vocês? Que bom! Por aqui também está tudo bem. Hoje quero convidar vocês para bater um papinho na Sala de Estar da tia Val, que tal? Um momento de descontração para "falar da vida dozoto" que a gente adora, neh? kkkkkkkk Brincadeirinhas à parte, o assunto será


 No post de hoje estou fazendo um apanhado de memes das redes sociais que denunciam claramente uma dor de cotovelo. Sabe quando seu amigo – geralmente amiga, neh – posta aquela “diretíssima” no facebook e todo mundo percebe que está rolando alguma coisa estranha? Pois eh, meu povo. É sobre isso que vamos falar, bora lá?


Geeente, vamos começar com esta? Quando você vê um post desse na timeline de sua amiga, o que você pensa? "Pronto, ela ligou o foda-se". Só que no fundo a gente sabe que ela não vai parar de correr atrás do boy nada, neh? Que ela só está com raivinha porque ele provavelmente desmarcou o cinema para fazer outra coisa mais importante que o relacionamento dos dois. 

Uma dica? Pára de dar bandeira, amiga!

Vamos para o segundo meme:

Sirene ligada indicando decepção das grandes!!! Ninguém coloca uma imagem dessas na rede social se não tiver acabado de descobrir uma mentira, neh? Neste caso, não precisa ser exatamente do namorado (geralmente é), pode ser de uma amiga, amigo, colega de trabalho, enfim... 

Uma dica? Pára de dar bandeira, amiga!

Próximo...

Essa sim é pro Ex! Quer enganar quem, timore? Ela está querendo que ele veja isso e sinta aquela culpinha por ter feito ela perder tanto tempo de sua vida. Se o cara for gente boa, ele vai sentir sim essa culpinha, mas só até rolar a página para baixo e ver uma outra imagem mais engraçadinha. Mas se o cara era um babaca, ela perdeu foi mais uns minutos da vida postando isso, porque ele vai é dar risada.

Uma dica? Pára de dar bandeira, amiga!

Mais um, mais um...


Essa é muuuito típica, neh gente? Que recado sua amiga está mandando com esse meme? Parece uma ameaça do tipo: "Olha, se você não me procurar logo a fila vai andar", mas não é kkkkk... É algo mais do tipo: "Olha, estou esperando você me ligar e já está demorando... Meu Deus! O que eu faço? Por que ele não me liga?"

Uma dica? Páraaaa de dar bandeira, amiga, já falei!

E para terminar este Top Five...


Essa é minha preferida, gente!!! Junto com aquela "Mulheres que ficam em casa sábado á noite são para casar" Se ela está postando isso é porque NÃO QUERIA estar em casa no sábado à noite. Se estivesse em casa por opção não teria postado nada, nem estaria ligando, neh? 

Só que este meme é mais puxado para o lado do humor, não indica dor de cotovelo, tipo... Quando sua amiga posta isso você não pensa: Hummmm, tomou um fora do namorado. Não, você pode pensar que ela está sem grana, neh? kkkkkkk

É isso, timores... vou ficando por aqui, espero que tenham gostado do post e fico aguardando o comentário de vocês, seus lindos!

Bjokas da tia Val e até a próxima

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Três filmes que marcaram minha vida


Olá, timores! Tudo certinho por aí?

Hoje vamos conhecer um dos cômodos da Casa da tia Val: A sala de TV, ou seja, vamos falar sobre filmes, ok?


Estou participando de um projeto recém-estreado em um dos grupos Facebookianos dos quais participo. É bem o estilo das blogagens coletivas que vocês conhecem, e o tema é:


 Eu acho que todo mundo tem aqueles filmes preferidos, que nunca se cansam de assistir, neh?

Mas no post de hoje vou trazer três filmes que eu não só gostei de assistir, mas que tiveram algum significado para mim, ou que me tragam alguma lembrança boa ou engraçada.

O primeiro filme de que vou falar é O Exorcista, aquele primeiro, lembram? O que dá mais medo do que todos os outros? Então, esse mesmo. E lá vai minha história com esse filme.


Houve uma época da minha adolescência em que meus irmãos e eu alugávamos e assistíamos esse filme TODOS OS FINAIS DE SEMANA, sim todos! Já estávamos até enjoados. Daí, um dia, eu estava sozinha em casa, estudando como uma boa menina na varanda de casa, onde tinha um móvel estofado, tipo um banco, cama, sofá, sei lá... Não era igual a esse, mas neste estilo, estão vendo? Com esses pesinhos separadinhos? Então...


E estava lá, tia Val adolescente estudiosa, concentrada, quando de repente...... o móvel começa a pular igualzinho à cama da menina do filme.

Geeeente!!!! Pensem num desespero! Pensaram? agora imaginem uma guria com o coração na boca! Imaginaram? Agora peguem isso e multipliquem por 1.000. Pois eh, já podem parar de rir agora!


Eu ainda demorei um golinho para cair a ficha de que meu irmão estava deitado no chão empurrando o banco para cima com as mãos e os pés fazendo eu quase cair. Mas passado o susto inicial, até hoje é uma das minhas histórias preferidas e está diretamente relacionada a este filme.

Segundo filme que marcou minha vida: Uma prova de amor


E essa história tem mais a ver com a carreira que escolhi: O Direito. Algum professor – que não lembro qual – comentou sobre esse filme em uma aula de direito civil, falando sobre o direito de personalidade e talz... Daí fiquei curiosa e fui assistir. Depois disso sempre que tenho a oportunidade assisto novamente.

A história do filme me lembra muito o amor que sinto pelo direito (apesar de não ter optado por advogar e sim pelo serviço público), vendo uma menina de 11 anos lutando na justiça por sua emancipação médica, já que seus pais a estavam obrigando a ser doadora de medula para a irmã com leucemia.

Mas o que eu mais gosto neste filme é o conflito vivido por aquela menina, que a gente passa o filme todo pensando: Nossa, que menina egoísta, vai deixar a irmã morrer! Mas que no final tudo se esclarece. E isso me faz lembrar que na vida real também é assim: O operador do direito não é apenas uma máquina de cumprir leis. É nosso dever, seja como advogado, juiz ou serventuário, humanizar o direito, aplicar a lei fria ao caso concreto da forma que melhor lhe couber.

Tá, bora ao terceiro filme: Como se fosse a primeira vez. 


Geeeente... O que é esse filme? Que amor lindo é esse que ele mostra? Sempre que assisto ou falo deste filme, tento enfatizar esse tipo de amor que nos faz querer conquistar o parceiro todos os dias, que não deixa a rotina acabar com o prazer de estar ao lado da pessoa que amamos.

É isso, timores... Vou ficando por aqui com o post. Se quiserem ver as outras participações, vou deixar os links aqui embaixo conforme forem postando, ok?

Bjokas da tia Val e até a próxima =*



domingo, 28 de junho de 2015

Final de semana dos namorados - A segunda parte de São Lourenço



Oi, timoressss!!! Estava aqui olhando umas fotchenhas, assistindo uns vídeos e adivinhem o que saiu? A segunda parte do post sobre meu passeio a São Lourenço - Aplausos, por favor! 


Então... hoje vou mostrar para vocês um pouquinho sobre o passeio que fiz na cidade de São Lourenço. Como chegamos ao Hotel na sexta à tarde, ficamos curtindo por lá mesmo e no sábado fomos conhecer a cidade, que fica a vinte minutos de carro do hotel.



Na parte da manhã nós fomos ao Parque das Águas. É lindo, geente!!! A vontade é ficar ali passeando, ou então sentadinho apreciando a paisagem o dia todo, mas parece que ali o tempo passa rápido demais, sabem? Quase não conseguimos passear direito na parte antiga do Parque, onde tem o lago principal.


No Parque existem 9 fontes, com água mineral gasosa, alcalina, ferruginosa, magnesiana, sulfurosa, carbogasosa, enfim... Eu confesso que não experimentei todas, e nem lembrei de tirar fotos de todas as fontes porque estava filmando - e ainda não editei para publicar o Vlog da viagem. Mas em cada fonte tinha as informações sobre as suas propriedades medicinais, as águas de São Lourenço ajudam na cura de gastrite, úlceras e outras doenças que não me lembro agora.




O Parque é dividido em duas grandes áreas. A parte antiga, onde está o lago principal, com passeio de pedalinho e caiaque, e a parte nova do parque, onde tem o jardim japonês que, infelizmente, achei meio descuidado, imaginava que seria mais encantador. Mas o timore disse que eles só fazem uma manutençãozinha, que não deve ser a prioridade deles, achei uma pena. 





Essas duas partes são ligadas por um túnel. Na saída do túnel pela parte nova tem uns grafites bem legais, achei uma graça, geente!




Então, gente... Este foi nosso passeio da manhã. À tarde fomos fazer o passeio no Trem das Águas, que vai de São Lourenço a Soledade. Será que o post vai ficar muito grande se eu colocar de uma vez?


Então, timores... Eu nunca tinha andado de trem, só metrô, mas não é a mesma coisa, claro! O Trem das Águas, que eu ficava chamando de Maria Fumaça o tempo todo, tem aquele clima de passado, sabem? Fiquei pensando que antigamente todo o transporte era feito dessa forma, meio desconfortável e talz... E achei tão romântico o passeio! 


em vagão fomos? No cinco, viu?

Não pode colocar a cabeça pra fora do trem, ta?

Durante a viagem tem aqueles violeiros que vão tocando e pedindo dinheiro nos vagões, sabem? Fiquei me sentindo mesmo no antigamente.

O povo aqui é animado demais pra cantar, geeente
O trem fica parado em Soledade por cerca de meia hora. A cidadezinha não tem nada, gente. Claro que não deu para andar e procurar as coisas, só deu mesmo para ver a feirinha que fica na própria estação do trem, onde eu comprei umas lembrancinhas.



Bem, timores... Como eu disse, acabei fazendo mais vídeos do que fotos, e selecionei estas para vocês. Assim que editar o vídeo vou postar um vlog com o resumo de toda a viagem, fiquem no aguardo.

Espero que tenham gostado deste post, que fiz com muito carinho para vocês.  Vou ficando por aqui e até a próxima, timores!

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Um tour pela Blogosfera... O que li e gostei por aí


Olá, timores, tudo bem com vocês? Hoje eu estava mais tranquila, sem aula, cheguei cedo do trabalho e então deu para fazer um pequeno tour pela Blogosfera, assim como fazia há algum tempo. E aí, querem saber o que li e gostei? Bora lá, então, timores!




Terça-Feira, 16 de junho de 2015...
Comecei passando pelos blogues que sigo, na ordem em que apareceram na minha página inicial. E querem saber? Fiquei mega feliz em passar pelo blog da Chica – Chica escreve por aí – e ver a republicação de um post de 2011, em homenagem a uma amiga que se formara em direito, contando a história de Melissa e de situações pelas quais passou em sua carreira jurídica. Bem, eu também sou formada em Direito, mas não optei por advogar e sim por fazer concurso público e ser serventuária. Mas os relatos da história de Melissa como advogada mexeram muito comigo, fiquei super comovida com a dedicação demonstrada em sua profissão e tratamento com os clientes... Valeu, Chica, por mais uma vez me fazer sorrir com seus posts.


Depois fui ao blog Juro de Mindinho, onde tinha um post da Laura Gouvêa sobre o filme Caminhos da Floresta. Geralmente este estilo de post é difícil de comentar, principalmente quando não tivemos a oportunidade ainda de assistir o filme em questão. Assim, se quiserem ler a crítica, é só dar um pulinho no blog das meninas, ok?

No Blog que não é blog hoje foi dia de revelar "Quem sou eu" e a Anna Lê arrasou com o esmalte Anis Anis, da marca Mohda. Eu já nem chuto os esmaltes dela porque nunca acerto, então prefiro só acompanhar e deixar anotadinho os esmaltes mais lindos para experimentar também rsrsrs...

O Blog Poções de Arte trouxe o que? Pois eh, gente... uma arte lindaaa, embora não seja recente porque ela estava em férias forçadas, neh? Um Porta Controles fofo que eu super recomendo, gente, é só clicar aqui.

Quarta-Feira, 17 de junho de 2015...
Bem, timores... Acontece que ontem eu acabei não conseguindo postar porque minha internet caiu aqui, então continuei o tour hoje, mas dessa vez nos grupos que participo no facebook.

Bem, comecei pelo grupo Pequenas Blogueiras, e posso falar? Não vi muito conteúdo blogosférico por lá, apenas um monte de meninas pedindo inscritos para seus canais. Fiquei desanimada, mas para salvar o grupo, tinha o post do blog Pausa Chique, falando sobre aquelas fofinhas yellow boots e mostrando várias combinações tchucas, vale a pena conferir para quem curte moda, gente!

E neste mesmo grupo conheci também o blog Mãe que sonha, mega bonitinho, com um post sobre o dia dos namorados. Estou seguindo principalmente por causa do nome, afinal de contas... eu também sou mãe e também sonho... todas as noites rsrsrsss mega me identifiquei hehe

No grupo Faceblogs eu já tinha curtido o post de um blog que sigo, o Solteiras Noivas Casadas, marcando de ler depois e li hoje: Coisas que devemos saber sobre os homens. Com um título desses, que mulher não ficaria curiosa, não é? Na verdade eu acabei relendo, porque já tinha visto este texto em algum lugar. São 28 dicas que valem muito a pena ler!

Então, timores... este foi o pequeno tour que fizemos pela Blogosfera, dividido em dois dias. Espero que tenham gostado e que visitem os espaços que mostrei por aqui. Quem tiver ainda sugestões de blogues bacanas podem deixar aqui nos comentários, eu adoro conhecer novos cantinhos.

Bjokas da Val e até a próxima, timores!


segunda-feira, 15 de junho de 2015

Final de semana dos namorados: O Hotel Fazenda Bavária


Oiii, timores da Vaaaalll =) =) =)  Hoje vou começar a falar e postar as fotos do meu final de semana., que tal? E como eu tenho bastante coisa para falar, resolvi dividir o post para não ficar muito grande, ok? Bora lá, então?

Então, geente... Nem sei direito por onde começar a falar sobre este final de semana tão gostoso que passei! Melhor começar pelo começo, neh? Que tal o Hotel Fazenda?










O Hotel Fazenda Bavária fica na BR 460, estrada Pouso Alto / São Lourenço, no Sul de Minas Gerais. As acomodações são feitas em Chalés de estilo alemão, uma gracinha, parecem casas de bonecas, gente!!! A comida, tipicamente mineira, é simplesmente maravilhosa! E os funcionários? Todos muito simpáticos e atenciosos, com destaque para a Helena da recepção e o Sr. Carlos, responsável pela mini Fazenda, um fofo!



 O Hotel Fazenda tem um playground muito espaçoso, com uma coisa que fiquei paquerando desde que chegamos, mas que não tive coragem de brincar: A tirolesa... Tá, eu não cheguei a perguntar se o cabo aguenta um adulto ou se o brinquedo era só para as crianças, mas não perguntei porque esqueci mesmo. E depois, quando vi as crianças descendo, calculei que era baixo demais para mim, então é melhor acreditar que eu não poderia mesmo brincar naquilo, certo?



Mas o Hotel tinha ainda outras atividades quase tão divertidas quanto a tirolesa (vamos acreditar nisso) e devidamente apropriadas para adultos: Campos de futebol e vôlei, piscina com toboáguas – que não entrei por causa do frio – uma piscina aquecida, sauna, academia – que eu planejei utilizar pelas manhãs, mas ao invés disso eu ia comer e depois ficava deitada numa rede contemplando a linda paisagem.




Outras atividades oferecidas pelo hotel são o passeio de charrete e de cavalo. O primeiro nós fizemos no primeiro dia, depois do almoço. Foi quando conhecemos o Sr. Carlos, que nos mostrou os animais da fazenda, montou e conduziu a charrete. Como eu já disse... um fofo, com ótimo papo e muita simpatia!




No sábado de manhã fomos andar a cavalo. Eu nunca tinha nem chegado perto de um bicho daquele tamanho e pensei duas vezes antes de subir no Índio, mas como eu fiquei sabendo que até as criancinhas subiam nele, não ia fazer feio, neh gente?


Timore no Trovão e Valzinha no Índio <3

E não é que o bichinho era mesmo muito dócil e mansinho? E tem mais um detalhe para quem nunca montou, como eu: Ele já está tão acostumado com o trajeto que vai sozinho, gente... nem precisamos “dirigir” o bicho, fiquei encantada e sonhando com um carro que tivesse esse poder para quando saísse cazamigas para beber  rsrsrsrs.

E por falar em animais e no meu medo deles, olhem o tamanho deste porco, gente... Nem vou comentar, só mostrar.


 Esse bichão bravo também queria foto:


E ainda tinha um cabritinho pedindo carinho, vê bem, gente!


Pois eh... Já falei da comida? Então, meu povo... Pense numa comidinha mineira no friozinho da Serra! Pensou? Então, é isso mesmo. Eu juro que não dava vontade de sair do restaurante, o ambiente é muito aconchegante, uma musiquinha ambiente delicinha – no jantar de sábado tinha música ao vivo com sax – e da mesma forma que em todo o hotel, o atendimento é excelente!






Então, timores... Esta foi a primeira parte do post sobre o final de semana dos namorados: O Hotel Fazenda Bavária. No próximo post vou falar um pouquinho sobre a cidade de São Lourenço e as coisas que consegui fazer no tempo que tivemos.

E aí, o que acharam? Será que vale a pena conhecer esse lugarzinho delícia? Eu, particularmente, super recomendo e espero que tenham gostado do post. Se gostaram, espero os comentários, viram?


É isso, timores! Bjokas da Val e até a próxima!

Ocorreu um erro neste gadget

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...